+ Ampliar Foto
fechar x clique na foto para trocar
  • PAIXÃO VIA INTERNET E OUTROS DELÍRIOS IMPROVÁVEIS / Betty Vidigal  
  • Código: 978-85-366-1880-7
  • Scortecci Editora - Poesia - 14 x 21 cm - 1ª edição - 2010 - 172 páginas

  • R$28,00
  • Betty Vidigal teve seus poemas publicados pela primeira vez aos dezessete anos, no livro Eu e a Vela. Vinha apresentada por Lygia Fagundes Telles, que num belo prefácio declarou sua “tranquila e profunda satisfação de topar com uma vocação autêntica, marcadamente original, impregnada de forte sopro lírico”. O livro foi recebido com entusiasmo pela crítica brasileira, do Ceará ao Rio Grande do Sul.

    Tempo de Mensagem chegou dois anos depois. Assim como o primeiro livro, foi uma edição do Clube de Poesia, em conjunto com a Livraria Martins Editora. Seu tom era de desencanto: “Pois eu me isolo, sim, / na torre de marfim”, declarava Betty no poema que abre o livro. Isolou-se dos círculos literários, mas não deixou de produzir poesia (que ela considera tão simples quanto respirar, e igualmente vital). Mesmo dedicando-se a outras atividades, completamente alheias às Letras, colaborou assiduamente na Revista Brasileira de Poesia e Crítica, e também na Voz Lusíada. Apareceu em antologias de Poesia Brasileira em Portugal e nos Estados Unidos. Integrou a comissão julgadora de alguns concursos, atividade que realiza atentamente, sempre procurando novos valores. É membro da comissão julgadora do Prêmio Asabeça, categoria Poesia, desde a primeira edição do prêmio.  

    Mais dois livros foram publicados: Os Súbitos Cristais, de poemas, e Posto de Observação – contos para a happy-hour, que recebeu prefácio de Marcos Rey e teve também uma edição portuguesa.

    Foi na virada do século que Betty decidiu voltar a participar das rodas de literatura. Passou a fazer parte da diretoria da UBE –  União Brasileira de Escritores, da qual saiu em 2010. Juntamente com Izacyl Guimarães Ferreira, dedicou-se ao jornal da entidade, que na época era comandado por Erorci Santana e Ieda Abreu e depois, por obra de Izacyl, veio a se transformar na interessantíssima revista O Escritor, publicada em parceria com a Fundação Portinari.

    No ano passado, vieram os Triângulos, contos premiados pela Secretaria Estadual da Cultura de São Paulo.

    Este sexto livro de Betty Vidigal traz poemas organizados de maneira a formar histórias tão variadas como podem ser as paixões entre um homem e uma mulher. Paixão Via Internet é o título de só uma das partes do livro, mas por todas elas perpassa a sombra da tecnologia. 

* As fotos dos produtos são ilustrativas e não correspondem ao seu tamanho real.
Voltar